Última hora

Última hora

Referendo: imigrantes portugueses na Suíça preocupados com futuro

Em leitura:

Referendo: imigrantes portugueses na Suíça preocupados com futuro

Tamanho do texto Aa Aa

É com apreensão que a comunidade portuguesa na Suíça encara os resultados do referendo sobre a imigração.

Mais de 50 por cento dos eleitores votou a favor de uma política mais restritiva que vai afetar os cidadãos de países da União Europeia.

“É uma questão económica. Os suíços têm medo de ficaram sem trabalho com chegada em massa de imigrantes, o que na minha opinião não faz sentido” afirma um homem.

Outro adianta: “votei não porque estamos no centro da Europa, mas talvez a Suíça seja um laboratório europeu e o que está a acontecer venha a ser reproduzido noutros países nos próximos anos.”

Para os analistas os resultados vão afetar as relações com os 28 e obrigar à renegociação de vários acordos como o de livre circulação de pessoas.

Proposta pelo Partido de extrema-direita, a União Democrática do Centro, a iniciativa está longe de ser consensual.

A reintrodução, por exemplo, do princípio da preferência pelo trabalhador nacional em relação ao estrangeiro já começou a ser contestada. Os estragos de uma manifestação este domingo, em Zurique, estão à vista.