Última hora

Última hora

Alerta vermelho para o Reino Unido

Em leitura:

Alerta vermelho para o Reino Unido

Tamanho do texto Aa Aa

O Reino Unido vive um dos piores dramas das últimas décadas. Uma fortíssima tempestade não dá tréguas com ventos que poderão atingir, esta noite, os 160 quilómetros por hora.

O Instituto de Meteorologia do Reino Unido emitiu o primeiro alerta vermelho deste inverno, o que significa que os riscos são grandes e as pessoas devem evitar zonas perigosas. São esperados “danos generalizados” enquanto a tempestade continua.

O Rio Tamisa já atingiu o nível mais alto dos últimos 30 anos e continua a subir. Muitas pessoas foram obrigadas a abandonar as suas casas. Algumas linhas de comboio estão a ser interrompidas. Há vastas áreas sem eletricidade e a situação, já complicada, vai ainda agravar-se por todo o país. Comunidades inteiras tentam sobreviver.

“Chegámos a uma altura em que era demasiado arriscado por isso a equipa de resgate veio, tivemos de retirar os nossos clientes que foram levados para outros hotéis, fizemos tudo que podíamos para ajudar a comunidade”, conta uma Gemma Evangelista, funcionária de um hotel em Shepperton, Surrey.

David Cameron cancelou uma viagem a Israel e aos territórios palestinianos ocupados e prometeu ajuda financeira às populações.

O Primeiro-ministro britânico, está agora a ser pressionado pela oposição para explicar onde vai buscar essas verbas já que o seu governo tem seguido uma política de cortes profundos para tentar combater o défice orçamental do país.