Última hora

Última hora

Obama recebe ajuda de 28 Republicanos e evita bancarrota

Em leitura:

Obama recebe ajuda de 28 Republicanos e evita bancarrota

Tamanho do texto Aa Aa

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, dominada pelos Republicanos, aprovou terça-feira o aumento do teto de dívida até 15 de março de 2015 sem quaisquer condições. O prolongamento do prazo foi aprovado com 221 votos a favor e 201 contra.

A ajudar Barack Obama, estiveram 28 Republicanos, que votaram ao lado dos Democratas, dos quais apenas dois votaram contra. Com a aprovação, o presidente norte-americano evita a bancarrota que ameaçava muitas obrigações do Estado federal e que ficaria iminente a partir de 27 de fevereiro, como avisou o secretário do Tesouro Jacob Lew, caso não fosse aprovado o aumento.

A votação foi realizada já depois do encerramento dos mercados financeiros norte-americanos, os quais fecharam bem no verde depois de Janet Yellen, a nova presidente da Rederva Federal (FED), ter falado perante a Comissão Bancária do Senado e garantido a manutenção da estratégia definida pelo seu antecessor, Ben Bernanke, que lhe passou a pasta no final de janeiro.