Última hora

Última hora

Operação entre Itália e Estados Unidos leva à detenção de sete pessoas em Nova Iorque

Em leitura:

Operação entre Itália e Estados Unidos leva à detenção de sete pessoas em Nova Iorque

Tamanho do texto Aa Aa

Em Nova Iorque foram presas e presentes a tribunal, sete pessoas envolvidas no caso que levou à detenção de outras 17 pessoas, em Itália, relacionadas com a máfia calabresa. Uma investigação conduzida pelas autoridades italianas e pelo FBI.

Os detidos são acusados de tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e associação ao crime organizado.

O esforço conjunto, entre Itália e Estados Unidos, teve como objetivo pôr fim a uma rede transatlântica que estava a ser desenvolvida em âmbitos como o tráfico de drogas, entre a América do Sul e Itália.

“A família do crime organizado italiano estava a tentar envolver-se com uma de Nova Iorque, a polícia italiana veio até aqui e trabalhámos, em conjunto, para evitar que esta família encontrasse em Nova Iorque segurança”, explica George Venizelos, do FBI.

As autoridades dos dois países, usando agentes infiltrados, terão conseguido frustrar a entrega, em Itália, de cerca de 500 quilos de cocaína pura, que deveria vir da Guiana escondida em enlatados e congelados.

Com esta operação, que levou dois anos a ser concluída, ficou a saber-se que a Ndrangheta tentava controlar, há muito tempo, as atividades ilegais nos Estados Unidos que durante anos pertenceram à Cosa Nostra, a máfia siciliana.