Última hora

Última hora

Mais tropas para a República Centro Africana

Em leitura:

Mais tropas para a República Centro Africana

Tamanho do texto Aa Aa

A presidencia francesa anunciou que Paris vai enviar mais 400 homens para a República Centro Africana, passando o seu contingente no país a contar com 2.000 efetivos.

Por seu lado, Catherine Ashton, chefe da diplomacia europeia revelou que a União Europeia planeia o envio de 1.000 soldados com a missão de restabelecer a ordem num país mergulhado no caos e na violência descontrolada.

“A Europa decidiu intervir e neste momento está a ser feita uma conjungação de forças. Perguntamos aos países de quantos homens podem dispor e que tipo de apoio podem fornecer”, disse Laurent Fabius, ministro francês dos Negócios Estranfeiros.

A República Centro Africana mergulhou no caos desde que em março de 2013 a coligação Séléka, de maioria muçulmana, derrubou o governo do país maioritariamente cristão, desencadeando uma espiral de violência sectária, que já causou milhares de mortos e centenas de milhares de deslocados.

A Amnistia Internacional revelou na quarta-feira que está em curso uma “limpeza étnica” de muçulmanos na zona ocidental daquele país.