Última hora

Última hora

Coreia do Norte celebra aniversário de Kim Jong-il

Em leitura:

Coreia do Norte celebra aniversário de Kim Jong-il

Tamanho do texto Aa Aa

A Coreia do Norte celebra os 72 anos do nascimento do antigo líder Kim Jong-il.

O líder supremo da República Popular Democrática da Coreia, Kim Jong-un, prestou tributo ao pai, numa cerimónia oficial em Pyongyang.

Kim Jong-un homenageou as estátuas dos antigos líderes Kim II Sung e Kim Jong-il no Palácio do Sol de Kumusan.

A data do aniversário foi constituída feriado nacional e é celebrada por todo o país, com várias atividades.

“Para comemorar o Dia da Estrela Brilhante, vim visitar a exposição de flores Kimjongilia, que tem este nome em homenagem ao nosso general Kim Jong-il, que personifica a nossa forte nação do Monte Paektu,” afirma Chae Sung-il, residente de Pyongyang.

As celebrações ocorrem dias depois de as duas Coreias terem acordado, para 20 de fevereiro, mais um encontro de reunião de famílias, que foram separadas com guerra civil e subsequente divisão da península em 1953.

“Jurei a mim mesmo que não iria morrer sem antes conhecer os meus parentes. Devo persistir, seja qual for a dor que tenha de suportar,” assegura Jang Choon, de 81 anos.

Desde o início destes encontros, em agosto de 2000, 18 famílias conseguiram encontrar-se, depois de 60 anos separados.

De acordo com o ministro sul coreano para a Unificação, existem 128 mil pessoas registadas, de famílias que foram separadas, após o armistício.