Última hora

Última hora

Alemanha: Pornografia infantil abre crise na Grande Coligação

Em leitura:

Alemanha: Pornografia infantil abre crise na Grande Coligação

Tamanho do texto Aa Aa

Angela Merkel convocou para esta terça-feira uma reunião de urgência da cúpula da Grande Coligação que governa a Alemanha para abordar a crise que eclodiu depois de ter sido divulgado que um ministro da CSU, a União Social Cristã, terá violado o segredo de justiça quando revelou ao líder do SPD o envolvimento de um deputado social-democrata num escândalo de pornografia infantil.

A oposição exige explicações: Para a copresidente do partido Os Verdes, “a coligação enfrenta uma crise complicada que envolve o SPD e a CSU. A grande questão é saber até que ponto a Grande Coligação, a política pode apropriar-se do Estado de Direito para servir os seus interesses particulares. A chanceler Merkel tem de agir”, concluiu Simone Peter.

O líder do SPD, Sigmar Gabriel, foi avisado, em outubro, pelo então ministro do Interior, Hans-Peter Friedrich, que um dos seus deputados era suspeito numa investigação internacional sobre pornografia infantil.

Friedrich demitiu-se na sexta-feira do cargo de ministro da Agricultura e a liderança da CSU quer agora esclarecer se alguém terá informado o visado da investigação.

Segundo o Ministério Público, entre 2005 e 2010, Sebastian Edathy comprou com o seu cartão de crédito 31 vídeos e fotografias de rapazes nus, com idades entre os 9 e os 13 anos. Nas buscas à casa e aos escritórios do agora ex-deputado do SPD, a polícia encontrou indícios de destruição de material informático.

Edathy desapareceu entretanto de circulação.