Última hora

Última hora

Coreia do Norte: ONU revela atrocidades próximas do genocídio

Em leitura:

Coreia do Norte: ONU revela atrocidades próximas do genocídio

Tamanho do texto Aa Aa

Os chefes de segurança norte-coreanos e, possivelmente, até mesmo o líder supremo Kim Jong-un podem ter de enfrentar a justiça internacional por tortura sistemática, fome e assassinatos, ações próximas do crime de genocídio, segundo um relatório das Nações Unidas.

Michael Kirby, presidente da Comissão de Inquérito Independente, declarou que agora ninguém pode dizer que não sabia: “Bem, agora que a comunidade internacional deve saber, a comunidade internacional vai saber e não haverá desculpas sobre o fracasso da ação porque não podemos dizer que não sabia. Nós sabemos.”

O encaminhamento do dossiê para o tribunal internacional de Haia é, no entanto, visto como improvável, dado a China, aliada do regime norte corenao, ter força de veto sobre qualquer movimento no Conselho de Segurança da ONU.