Última hora

Última hora

Libertadas as "Pussy Riot" detidas em Sochi

Em leitura:

Libertadas as "Pussy Riot" detidas em Sochi

Tamanho do texto Aa Aa

Maria Alyokhina e Nadezhda Tolokonnikova, membros do grupo Pussy Riot, detidas esta terça-feira em Sochi, já foram libertadas.

Segundo a agência russa Tass, as duas foram interrogadas numa esquadra de polícia no âmbito de uma investigação de roubo num hotel.

Várias pessoas que tinham sido detidas juntamente com as jovens foram também libertadas.

Maria e Nadezhda tinham enviado mensagens no twitter no momento da detenção.

Segundo o marido de Tolokonnikova, as Pussy Riot foram a Sochi para gravar um vídeo denominado “Putin vai ensinar-te a amar a pátria”.

Maria e Nadezhda foram libertadas em dezembro, depois de cumprirem dois anos numa prisão russa, pelo protesto na catedral de Moscovo.

Após um périplo pela Europa e pelos Estados Unidos voltaram recentemente à Rússia.