Última hora

Em leitura:

Ucrânia em clima de pré-guerra civil


Ucrânia

Ucrânia em clima de pré-guerra civil

Ambiente de alta tensão em torno da Praça da Independência em Kiev. A polícia de choque tentou desalojar os manifestantes mas foi recebida com pedras e bombas artesanais.

Após uma jornada de guerrilha urbana, que termina com 14 mortos e 200 feridos, as forças de segurança conseguiram derrubar as barricadas em torno do Estado do Dynamo Kiev e avançou para a vizinhança, a imediata da Praça da Independência.

O acesso à cidade foi restringido para tentar impedir que mais pessoas possam vir a reforçar os protestos.

De Moscovo a Washington via Bruxelas, Varsóvia e Paris, os chefes de diplomacia condenaram a violência, alguns temem que o país esteja à beira de uma “guerra civil”.

Os líderes da oposicão exortaram o presidente Yanukovich a declarar um cessar-fogo antes da madrugada de forma a evitar mais derramamento de sangue.

O presidente ucraniano convidou os líderes da oposição para uma reunião de emergência esta noite. Vitali Klitschko foi ao encontro do Chefe de Estado mas ninguém espera muito desta iniciativa para a resolução da crise política.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Ucrânia: Kiev "a ferro e fogo"