Última hora

Última hora

Venezuela: Maduro pressionado para largar o poder

Em leitura:

Venezuela: Maduro pressionado para largar o poder

Tamanho do texto Aa Aa

A tensão aumenta da Venezuela. A ala radical da oposição quer forçar o presidente Nicolás Maduro a deixar o poder. O país tem vivido momentos de violência desde o início de fevereiro, com protestos de estudantes e opositores nas ruas. A situação agravou-se a 12 de fevereiro, quando uma manifestação contra o presidente terminou em três mortos e mais de 60 feridos.

Num contexto de inflação, insegurança, escassez de produtos básicos e alta criminalidade, o movimento oposição tem argumentos de peso para contestar o poder. Mas o presidente, Nicolás Maduro, acusa “grupos fascistas” de semearem o caos e os Estados Unidos de ‘complô’.

Como advertência, Caracas anunciou a expulsão de três funcionários da representação diplomática norte-americana.

O líder da oposição Leopoldo López convocou os seus partidários para exigirem eleições antecipadas. As manifestações são uma reedição da disputa política nas ruas, que marcou os anos de governo de Hugo Chávez e a campanha eleitoral que levou Maduro a ser eleito em 2013, após a morte do antigo presidente.