Última hora

Última hora

Alemanha e Rússia vão "fazer tudo para evitar uma escalada da violência" na Ucrânia

Em leitura:

Alemanha e Rússia vão "fazer tudo para evitar uma escalada da violência" na Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

“Acabei de falar com o presidente russo, Putin, e concordámos que vamos fazer tudo para evitar uma escalada ainda maior da violência”, na Ucrânia. A garantia foi dada por Angela Merkel no final de uma cimeira franco-alemã, em Paris, que contou com a presença do presidente da Comissão Europeia.

O governo alemão aterrou esta quarta-feira em Paris para uma cimeira bilateral para tratar de questões de energia e segurança, mas que acabou por ser dominada pela revolução na Ucrânia.

O presidente francês e a chanceler alemã condenaram a violência, ameaçaram com sanções, apelaram à calma e ao diálogo, mas não tomaram nenhuma ação concreta.

Paris e Berlim reforçam o tom crítico em relação ao regime de Kiev mas remetem eventuais represálias para a esfera dos 28. Esta quinta-feira há uma reunião de emergência dos ministros dos Negócios Estrangeiros onde se espera que a União Europeia passe das palavras aos atos.