Última hora

Última hora

Do banal à arte passando por um inverno primaveril

Em leitura:

Do banal à arte passando por um inverno primaveril

Tamanho do texto Aa Aa

A estilista de acessórios Anya Hindmarch levou o público às compras na Semana da Moda de Londres. Para a sua nova coleção a designer quis encontrar a beleza naquilo que é banal e inspirou-se em marcas domésticas. Reinventou caixas de detergente, de cereais e pacotes de bolachas, transformando-as em peças únicas de design.

‘‘Fui sempre obcecada em agarrar algo que é corriqueiro e torná-lo mais bonito. Senti que isso me permitia brincar com algumas marcas icónicas e eu acho que a moda nos deve fazer rir. Penso que isso é importante e esta coleção deu o que falar, eu realmente gostei disso’‘, afirma Anya Hindmarch.

Um dos acessórios mais populares é uma mala a fazer lembrar uma embalagem de batatas fritas que pode custar cerca de mil euros.

Ideias simples mas milionárias que fazem as delícias daqueles que gostam de acessórios diferentes e podem pagar esta subjetividade criativa.

Peter Pilotto e Christopher De Vos

A dupla Peter Pilotto e Christopher De Vos apresentou, também, a sua coleção na Semana da Moda de Londres. Uma coleção onde o desportivo se funde com estampados arrojados e com o glamour de uma noite de inverno. Os rosas, os vermelhos e os laranjas estiveram em destaque, contrastando com o preto e o azul-escuro.

Uma coleção para o frio mas com claros momentos de primavera espelhados em vestidos florais, leves.

A dupla inspirou-se no conceito de híbrido para criar esta mescla entre o casual e o formal, em tendências para um inverno primaveril.