Última hora

Última hora

Longe de casa mas perto da recuperação

Em leitura:

Longe de casa mas perto da recuperação

Tamanho do texto Aa Aa

São efetivos das forças de defesa australianas que trocaram as armas pelo palco da Sydney Theatre Company. Um elenco de 12 homens que partilham as suas experiências pessoais de sofrimento na guerra.

Em “The Long Way Home” o Cabo Tim Loch descreve a dificuldade de regressar a casa: “É um comprimido difícil de engolir. Num minuto a sua carreira, a sua vida, caminha numa direção e, de um momento para o outro, tudo muda, e quanto mais cedo se aceitar isso melhor, a partir daí pode começar-se a fazer mudanças”.

Em 2010, quatro soldados australianos morreram no Afeganistão. Um dos sobreviventes é Gary Wilson, soldado das Operações Especiais. Ele abraçou esta aventura para o ajudar a recuperar de uma lesão cerebral: “Pensei que seria ótimo para consciencializar o público para o nosso serviço de feridos. Infelizmente, sabemos que perdemos lá companheiros e há aqueles que foram feridos mental e fisicamente”.

Esta é uma experiência poderosa para os atores amadores e uma poderosa mensagem para o público.

Para a Brigadeiro Alison Creagh é preciso manter sob vigilância alguns soldados, ainda vulneráveis: “Temos membros no elenco que continuam a ter problemas psicológicos e físicos, cuidar deles é importante para nós”.