Última hora

Última hora

Reino Unido: Tony Blair entra em escândalo de escutas ilegais

Em leitura:

Reino Unido: Tony Blair entra em escândalo de escutas ilegais

Tamanho do texto Aa Aa

O antigo primeiro-ministro britânico Tony Blair ofereceu serviços de aconselhamento e gestão de crise ao milionário Rupert Murdoch e a Rebekah Brooks, a propósito do escândalo de escutas ilegais que abalou o Reino Unido e levou mesmo ao encerramento do jornal “News of the World”, que na década passada chegou a ter como alvos preferidos os portugueses Cristiano Ronaldo e José Mourinho.

De acordo com uma mensagem eletrónica tornada pública esta quarta-feira, no tribunal onde está a decorrer o julgamento destas escutas ilegais, Rebekah Brooks, que era a diretora do jornal, foi aconselhada pessoalmente por Tony Blair, nomeadamente, logo no dia a seguir ao fecho da publicação, em julho de 2011.

O antigo primeiro-ministro terá, aliás, oferecido os seus serviços de forma discreta para que Brooks e Murdoch conseguissem ultrapassar da melhor forma toda a pressão criada pela polémica das escutas ilegais a personalidades, as quais haviam originado, ao longo dos anos, diversos exclusivos sensacionalistas do “News of the World”.