Última hora

Última hora

Fim da greve no aeroporto de Frankurt

Em leitura:

Fim da greve no aeroporto de Frankurt

Tamanho do texto Aa Aa

A greve já acabou mas o tráfego aéreo precisa de algum tempo para regressar à normalidade, em Frankfurt.

O terceiro aeroporto da Europa foi, esta sexta-feira, alvo de uma greve dos agentes de segurança privada. Dos mil e 300 voos previstos, cerca de 100 foram cancelados.

Os passageiros em trânsito, que não precisam de passar pela segurança, não tiveram problemas. Para os outros, foi pior.

“Eu ia regressar a Helsínquia e acabei de saber que a segurança está encerrada; completamente encerrada”, queixa-se um passageiro finlandês.

Outro passageiro, um britânico, explica: “Agora vamos tentar reaver as bagagens. Parece que não têm um procedimento para isto. E imagino que haja muita gente a tentar reaver as bagagens porque não pode viajar. É o caos absoluto. Não é lá muito digno… não é lá muito alemão!”

Os trabalhadores exigem um aumento do salário para 16 euros por hora. Segundo o sindicato alemão Verdi, os trabalhadores de segurança, que controlam as bagagens e os viajantes antes da entrada nos aviões, recebem atualmente entre 10 e 13 euros por hora.