Última hora

Última hora

Parlamento ucraniano destitui Yanukovich

Em leitura:

Parlamento ucraniano destitui Yanukovich

Tamanho do texto Aa Aa

O parlamento ucraniano votou e decidiu, por maioria absoluta, a destituição do Presidente Viktor Yanukovich por “abandono das suas funções constitucionais” e convocou eleições presidenciais, antecipadas, para o dia 25 de maio.

O novo Presidente interino do parlamento, aliado de Timochenko, declarou que o principal objetivo é retomar o funcionamento das instituições. Nesse sentido, a assembleia tentou, da forma possível, controlar o caos que se instalou no país e evitar a divisão que muitos temem e nomeou, este sábado, em sessão extraordinária, os rostos que destituiu. Outro aliado da antiga primeira-ministra foi designado para assumir, interinamente, o ministério do interior. Também o Procurador-geral foi nomeado nesta sessão plenária.

A vitória da oposição é um rude golpe para a Rússia e a demonstração de uma viragem para ocidente.

O país tenta agora iniciar uma nova era. Este é, de facto, um dia histórico na Ucrânia, depois da violência dos últimos dias que, segundo o balanço oficial, matou cerca de 80 pessoas, a oposição fala em mais de uma centena.