Última hora

Última hora

Ucrânia: Manifestantes fazem ultimato a Viktor Ianukovitch

Em leitura:

Ucrânia: Manifestantes fazem ultimato a Viktor Ianukovitch

Tamanho do texto Aa Aa

Um grupo de contestatários ao governo fez um ultimato a Viktor Ianukovitch: ou o presidente sai a bem, até às 10 da manhã de sábado, ou então será tirado pela força das armas.

Os ativistas interromperam a intervenção dos líderes da oposição, na Praça da Independência, em Kiev, para dizer que rejeitam o acordo alcançado entre o Presidente e oposição parlamentar.

“Somos uma simples unidade de combate e quero dizer que somos pessoas simples que estamos aqui para dizer aos nossos políticos que estão aqui, atrás de mim, que não queremos o Ianukovitch nem qualquer acordo com ele. Ele deve sair até às 10 horas de sábado. E se vocês não exigirem que Ianukovitch saia, antes das 10 da manhã, então iremos invadir o escritório dele, de armas em punho,” promete este ucraniano.

O acordo, assinado pela oposição e por Ianukovitch, prevê a antecipação de eleições presidenciais, a formação de um Governo de coligação e o retorno à Constituição de 2004, que limita os poderes presidenciais.