Última hora

Última hora

Itália: Renzi apresenta programa de governo ao Senado

Em leitura:

Itália: Renzi apresenta programa de governo ao Senado

Tamanho do texto Aa Aa

É o momento de verdade para Matteo Renzi. O novo primeiro-ministro italiano aguarda o voto de confiança do senado, a quem apresento o seu programa de governo.

O novo executivo visa a redução da burocracia e cortes orçamentais de cinco mil milhões de euros, para enfrentar uma dívida pública de 130% do PIB e um crescimento económico titubeante após dois anos de recessão.

“A Itália está cansada de esperar por nós. Eu proponho, nós propomos, enquanto governo, ir ao encontro da Itália, através de um pacote de reformas que veja no semestre da presidência italiana da União Europeia a principal oportunidade e que, antes disso, afronte as questões relacionadas com as política dos trabalho, da fiscalidade, da administração pública e da justiça”, defende Renzi.

O novo primeiro-ministro deverá convencer, pelo menos, 165 senadores, o que não está, para já garantido, já que os partidos da sua coligação têm apenas uma fraca maioria na câmara alta. O voto é esperado ao final do dia.

Segunda a lei italiana, o novo governo precisa também do voto de confiança do Parlamento. Os deputados vão exprimir-se esta terça-feira.