Última hora

Última hora

Portugueses discretos e um brasileiro de ouro em Dusseldorf

Em leitura:

Portugueses discretos e um brasileiro de ouro em Dusseldorf

Tamanho do texto Aa Aa

O derradeiro dia do Grande Prémio de judo de Dusseldorf revelou-se de ouro para o antigo campeão do mundo Luciano Correa. O brasileiro, de 31 anos, nem precisou de lutar para se sagrar campeão na categoria de -100kg, pois uma lesão impediu Maxim Rakov, do Cazaquistão, de disputar a final, entregando o título de bandeja ao adversário. Isto numa categoria onde o português Jorge Fonseca nem passou da primeira ronda, onde foi derrotado pelo árabe Ivan Remarenco e ainda teve de receber assistência médica.

MEDALHAS -100kg:
Ouro: Luciano Correa (Brasil)
Prata: Maxim Rakov (Cazaquistão)
Bronze: Tuvshinbayar Naidan (Mongólia) e Rafael Buzacarini (Brasil)

Em -78kg, a portuguesa Yahima Ramirez ainda venceu na primeira ronda a peruana Maite Bellota. Diante da segunda oponente, a britânica Natalie Powell, Yahima Ramirez foi derrotada e encerrou a sua prestação em Dusseldorf. Na final desta categoria, vitória para a anfitriã Luise Malzhan, que aproveitou da melhor forma o forte apoio do público alemão para derrotar a eslovena Anamari Velensek.

MEDALHAS -78kg:
Ouro: Luise Malzhan (Alemanha)
Prata: Anamari Velensek (Eslovénia)
Bronze: Audrey Tcheumeo (França) e Natalie Powell (Grã Bretanha)

Na categoria de +78kg, a Alemanha ficou perto da segunda medalha de ouro. A japonesa Megumi Tachimoto, contudo, não o permitiu, derrotando a campeão germânica, Franziska Konitz, em pouco mais de dois minutos.

MEDALHAS +78kg:
Ouro: Megumi Tachimoto (Japão)
Prata: Franziska Konitz (Alemanha)
Bronze: Jasmin Kuelbs (Alemanha) e Song Yu (China)

O medalha de bronze dos Mundiais, o grego Ilias Iliadis, esteve imparável na categoria de -90kg. Diante do vicecampeão de Abu Dhabi, o holandês Noël Van’t End, o judoca helénico revelou-se mais forte.

MEDALHAS -90kg:
Ouro: Ilias Iliadis (Grécia)
Prata: Noël Van ‘t End (Holanda)
Bronze: Daiki Nisjiyama (Japão) e Zviad Gogotchuri (Geórgia)

Acima dos 100kg, o antigo campeão do Mundo Daiki Kamikawa conquistou para o Japão a sexta medalha de ouro neste Grande Prémio, triunfando num combate algo enfadonho diante do tunisino Faicel Jaballah, derrotado por excessivas penalizações de passividade.

MEDALHAS +100kg:
Ouro: Daiki Kamikawa (Japão)
Prata: Faicel Jaballah (Tunísia)
Bronze: Rafael Silva (Brasil) e Adam Okruashvili (Geórgia)