Última hora

Última hora

Sochi: Delegação alemã recebida em Munique pelo Presidente

Em leitura:

Sochi: Delegação alemã recebida em Munique pelo Presidente

Tamanho do texto Aa Aa

A delegação alemã que esteve a competir nos Jogos Olímpicvos de Inverno regressou de Sochi e foi recebida esta segunda-feira em Munique pelo próprio presidente. Joaqhim Gauck, que, curiosamente, à imagem de outros chefes de Estado como o francês François Hollande ou o americano Barack Obama e até como a compatriota Chanceler Angela Merkel, não havia encontrado tempo na agenda para se deslocar à Rússia e assistir aos jogos.

Uma das estrelas da comitiva germânica que passou por Sochi foi Maria Hoefl-Riesch, que regressou a casa com a medalha de ouro no Super Combinado e a de bronze no Slalom Super Gigante.

Uma dúvida voltou a pesar sobre a esquiadora de 29 anos, neste regresso após as Olimpíadas: Irá Maria pendurar os esquis após o final da presente temporada de esqui alpino? “Estou muito dividida. Penso que só terei uma decisão daqui a algumas semanas. Tenho, realmente, de pensar muito sobre o assunto. Há muitos prós e muitos contras. Vamos ver”, afirmou Hoefl-Riesch, que a 24 de novembro deste ano se muda para o clube dos “trintões” e há muito que anda a ponderar na retirada.

A participação alemã em Sochi, entretanto, ficou aquém da de há quatro anos, em Vanciouver, onde foram a segunda delegação com mais medalhas (30). Desta vez foram sextos (19).

A manchar a participação deste ano fica também o caso de doping de Evi Sachenbacher-Stehle – um caso que levou as autoridades alemãs a abrir uma investigação à atleta de “cross country.”

Polémicas à parte, de Sochi, os alemães regressaram a casa com oito medalhas de ouro, seis de bronze e cinco de prata.