Última hora

Última hora

Ucrânia procura financiamento internacional

Em leitura:

Ucrânia procura financiamento internacional

Tamanho do texto Aa Aa

A Ucrânia precisa de 35 mil milhões de dólares (25,4 mil milhões de euros) para 2014-2015. O valor foi anunciado pelo Governo interino de Kiev, onde as marcas da violência ainda estão bem presentes. O ministro das Finanças pediu aos parceiros ocidentais a concessão de um crédito no prazo de uma ou duas semanas. Iouri Kobolov sugeriu também a organização de uma conferência internacional de doadores com a União Europeia, os Estados Unidos, o FMI e outras organizações financeiras internacionais.

O Quarteto de Visegrado, constituído por países de Leste, debateu esta segunda-feira a situação da Ucrânia. O ministro dos Negócios Estrangeiros da Polónia, Radoslaw Sikorski, lembrou os empréstimos que o país acordou anteriormente. “A Ucrânia tem um acordo com a Federação Russa para a compra de títulos da dívida e isso poderia ajudar a estabilizar a situação na Ucrânia, o que também me parece ser do interesse da Rússia, mas a Polónia, tal como todos os participantes da reunião de hoje – pertencem ao Fundo Monetário Internacional e o FMI vai negociar de forma energética as condições para uma segunda tranche de uma enorme assistência macroeconómica”, afirmou.

Em 2010, o FMI emprestou à Ucrânia dois mil milhões de dólares. Os restantes 13 mil milhões previstos acabaram por não ser transferidos.

Em dezembro do ano passado, a Rússia acordou um crédito de 12 mil milhões de dólares, mas ainda só foi paga uma prestação.