Última hora

Última hora

Itália: Renzi oficializado e já a olhar para a afirmação europeia

Em leitura:

Itália: Renzi oficializado e já a olhar para a afirmação europeia

Tamanho do texto Aa Aa

O parlamento italiano aprovou esta terça-feira por maioria o voto de confiança que faltava para oficializar o novo governo de Itália. Liderado por Matteo Renzi, dos 670 deputados na Câmara Baixa italiana, o novo executivo recebeu 378 votos a favor e 220 contra.

Das instituições europeias surgiram, de pronto, as congratulações dos presidentes da Comissão Europeia, Durão Barroso, e do Parlamento Europeu, Martin Schulz. No discurso efetuado esta terça-feira, ainda antes da votação parlamentar, Matteo Renzi mostrou que a União Europeia está, claro, no programa do novo governo.

“A Europa que nós desejamos, tal como temos assumido nesta nossa experiência pela política não deve ser uma Europa onde a Itália vá apenas para receber as orientações que tem de seguir ou as instruções do que deve fazer. Pelo contrário. A Europa que queremos é uma onde a Itália dê um contributo fundamental porque sem a Itália não haverá Europa”, sublinhou o novo chefe de governo italiano.

Na segunda-feira, já o Senado havia aprovado também o novo governo de Matteo Renzi. Um governo que dá nas vistas por não incluir nomes conhecidos e, ao mesmo tempo, dar espaço de destaque a oito mulheres

Com o voto de confiança parlamentar desta terça-feira, aos 39 anos, Renzi está finalmente oficializado como o mais jovem primeiro-ministro de sempre em Itália.