Última hora

Última hora

Liga dos Campeões: Cinco minutos à Borussia

Em leitura:

Liga dos Campeões: Cinco minutos à Borussia

Tamanho do texto Aa Aa

O Borussia Dortmund está com um pé nos quartos-de-final da Liga dos campeões depois de ter ido a São Petersburgo vencer o Zenit por quatro bolas a duas.

Os alemães entraram a todo o gás, como se impunha a uma equipa obrigada a salvar a temporada na Europa. A Bundesliga (terceiro lugar a 20 pontos do líder Bayern) já nem entra nas contas da equipa de Jürgen Klopp.

Os jogadores mostraram estar conscientes da importância do encontro e aos cinco minutos já venciam por 2-0. Henrikh Mkhitaryan e Marco Reus foram os autores dos golos.

Neto, à semelhança da restante linha defensiva dos russos, limitava-se a ver jogar. Afinal de contas regressavam aos jogos a doer após a pausa de inverno, o último desafio oficial remontava a 6 de dezembro.

Na segunda parte o Zenit ainda tentou dar um ar da sua graça. Hulk foi o mais inconformado mas para mal dos seus pecados, nas duas vezes que os russos chegaram ao golo, os alemães responderam imediatamente por Robert Lewandowski.

Com o sonho europeu praticamente desfeito, o Zenit está obrigado agora a virar-se para os assuntos internos. Quer a nível futebolístico (lideram o campeonato russo em igualdade pontual com o Lokomotiv de Moscovo.), quer sobretudo a nível administrativo (o clube optou por não comentar as notícias que dão conta de dois meses de salários em atraso no Zenit).

O jogo da segunda mão não deverá passar de uma formalidade para o Borussia mas no futebol ninguém ganha jogos antes de entrar em campo. O desafio está marcado para 19 de março.