Última hora

Última hora

Neymar: Quando o barato se torna no mais caro do mundo

Em leitura:

Neymar: Quando o barato se torna no mais caro do mundo

Tamanho do texto Aa Aa

Quando se tornou oficialmente jogador do Barcelona, Neymar foi considerado uma pechincha. Os 57 milhões de euros anunciados estavam longe de rivalizar com a oferta milionária do Real Madrid.

No entanto, o futebol teima em provar que o que hoje é verdade, amanhã é mentira. A investigação em torno da sua saída do Santos para o Barcelona não deixa margem para dúvidas: Neymar é já a maior transferência do futebol mundial.

Esta segunda-feira o Barcelona pagou 13,5 milhões ao fisco, o que entre bónus e comissões, elevou a quantia paga para 99,7 milhões.

Uma quantia que irá aumentar, uma vez que não engloba a receita de um amigável entre os dois clubes, por realizar, e estimada em 4,5 milhões.

Caso Neymar esteja entre os finalistas da Bola de Ouro, os brasileiros receberão ainda mais dois milhões de euros.

No entanto o rombo financeiro dos espanhóis pode não ficar por aqui. Mesmo com este ato de generosidade (os 13,5 milhões pagos são superiores ao reclamado pelo Estado), o processo em tribunal por fraude fiscal não parou.

Caso o Barcelona seja considerado culpado, será condenado a pagar uma multa nunca inferior a 5,5 milhões.

Feitas as contas, a tal pechincha pode ficar por mais de 110 milhões de euros.