Última hora

Última hora

Roy Hodgson quer psicólogo para marcar penáltis

Em leitura:

Roy Hodgson quer psicólogo para marcar penáltis

Tamanho do texto Aa Aa

A Inglaterra foi eliminada no desempate por penáltis em seis dos últimos dez grandes torneios de futebol. Para o mundial do Brasil, Roy Hodgson promete não deixar nada ao acaso a admite levar um psicólogo com a equipa para ajudar a ultrapassar o bloqueio na marca dos onze metros.

A medida não é inédita e já foi adotada pelo Brasil. O selecionador Vicente Feola fez questão de integrar um psicólogo na equipa técnica para o mundial de 1958, na Suécia, onde o escrete canarinho veio a vencer o primeiro de cinco títulos mundiais.

Ironicamente, o psicólogo tinha recomendado a não convocação de Pelé e Garrincha por considerar que não estavam mentalmente aptos para uma competição como o Campeonato do Mundo.