Última hora

Última hora

Guy Laroche, Dries Van Noten e Corie Nielsen, do menos ao mais clássico na moda em Paris

Em leitura:

Guy Laroche, Dries Van Noten e Corie Nielsen, do menos ao mais clássico na moda em Paris

Tamanho do texto Aa Aa

Guy Laroche

Guy Laroche apresentou, na Semana de Moda de Paris, a sua coleção de pronto a vestir. O ponto de partida para as criações foi, segundo o estilista Marcel Marongiu, que detém as rédeas criativas da casa de moda francesa, a definição do termo “luxo”. Esta procura é visível no caminho seguido na passarela. Primeiro com cortes direitos em modelos largos e coloridos, como se se estivesse à procura de uma linha criativa.

Depois com o renascimento do preto em cortes femininos, sensuais, brilhantes a desfilarem sob o telhado de vidro do Grand Palais de Paris. A coleção de Guy Laroche representa uma mulher dividida, entre um lado mais radical e o luxo sombrio e contido.

Dries Van Noten

Linhas e cores psicadélicas, vibrantes, no centro da coleção de pronto-a-vestir da designer belga Dries Van Noten, para o outono/inverno de 2014. Peças estampadas, vestidos com delicadas flores pintadas à mão e outras com um toque mais industrial, com desconcertantes efeitos caleidoscópios, com listas e espirais para criar uma espécie de ilusão de ótica.

Van Noten saltou para as luzes da ribalta como parte do Antwerp Six, um coletivo de designers de vanguarda, saídos da Royal Academy of Arts de Antuérpia.

Corie Nielsen

O clássico com um toque de modernidade nas peças da coleção de Corie Nielsen. Criações inspiradas no mundo da arte, história e literatura e em três personagens em particular: o autor de “Drácula”, Bram Stoker, Joana d’Arc e Rubens, que segundo a estilista representam juntos, toda a paleta das emoções humanas, desde o amor à dor.

Modelos cuidados, com contornos estruturados e formas esculpidas, figuras tridimensionais, que são a marca registada da designer que, segundo ela própria, se inspira no trabalho do seu pai, escultor. Sentimentos dicotómicos traduzidos numa coleção que representa isso mesmo com vestidos curtos e longos, com rendas, cetim ou tule bordado.