Última hora

Última hora

Israel oferece cópias do "Diário de Anne Frank" ao Japão

Em leitura:

Israel oferece cópias do "Diário de Anne Frank" ao Japão

Tamanho do texto Aa Aa

A embaixada de Israel no Japão ofereceu 300 cópias do “Diário de Anne Frank” às bibliotecas que foram vítimas de um misterioso assaltante que tem destruído ou vandalizado exemplares da obra em Tóquio.

A iniciativa partiu da embaixada de Israel no país do sol nascente.

Os autores da destruição dos livros ainda estão a monte, o motivo continua um mistério.

“Acho que alguma coisa de positivo vai sair destes atos, porque a reação da sociedade foi tão positiva, com tantas pessoas contra o que tem acontecido. Por isso, acho que a sociedade vai refletir, agora que isto aconteceu”, explica Peleg Lewi, deputado da embaixada de Israel em Tóquio.

Depois de ter vivido dois anos escondida com a família em Amsterdão, Holanda, Anne Frank foi descoberta e deportada aos 13 anos para o campo de Bergen-Belsen, onde acabou por morrer em 1945.