Última hora

Última hora

Rússia coloca tropas em alerta junto à fronteira com a Crimeia

Em leitura:

Rússia coloca tropas em alerta junto à fronteira com a Crimeia

Tamanho do texto Aa Aa

Cresce a preocupação na Ucrânia após a Rússia ter iniciado manobras militares junto à fronteira com a Crimeia. Os exercícios começaram a pedido do presidente russo, Vladimir Putin, que colocou em alerta as tropas do Oeste e Centro do país, esta quarta-feira, com o intuito de “verificar a prontidão de combate”.

O ministro da Defesa russo, Serguei Shoigu, referiu que os exercícios não estão relacionados com os últimos desenvolvimentos na Ucrânia – onde as tensões continuam após a demissão de Ianukovich – são para garantir a segurança da base naval de Sebastopol.

O presidente interino da Ucrânia, Oleksander Turchinov, já advertiu que quaisquer movimentos das tropas russas fora da base naval na Crimeia serão considerados uma “agressão”, um ato provocatório.

A Crimeia tem sido atormentada por tensões separatistas. Habitada maioritariamente por russófonos, a península foi oferecida à Ucrânia em 1954 por Nikita Khrushchev, presidente da URSS. Em 1997, foi concedida à Rússia a utilização da base naval de Sebastopol, onde Moscovo tem sediada a estratégica frota militar do Mar Negro.