Última hora

Última hora

Moscovo promete a Washington respeitar a Ucrânia

Em leitura:

Moscovo promete a Washington respeitar a Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

O secretário de Estado norte-americano, garante que a Rússia comprometeu-se a “respeitar a integridade territorial da Ucrânia”.

Durante uma conversa telefónica com o seu homólogo russo, Serguei Lavrov Moscovo garantiu a John Kerry que não está por detrás dos problemas na Crimeia, região de maioria russófona no sul da Ucrânia.

O chefe da diplomacia norte-americana falava numa conferência de imprensa, ao lado do seu homólogo alemão, Frank-Walter Steinmeier, cujo país está muito empenhado na resolução da crise ucraniana.

“Pedi especificamente que a Rússia trabalhe com os Estados Unidos e com os nossos amigos e os nossos aliados no sentido de apoiar a Ucrânia na reconstrução da sua unidade, da sua segurança e da sua economia”, precisou.

Perante a precipitação dos acontecimentos na Ucrânia e a subida das tensões na Crimeia, onde se encontra estacionada a frota naval russa no Mar Negro, Varsóvia e Londres manifestaram hoje a sua preocupação, ao passo que Washington e a NATO instaram Moscovo a evitar uma escalada de violência.