Última hora

Última hora

Obama preocupado com a posição da Rússia sobre a Ucrânia

Em leitura:

Obama preocupado com a posição da Rússia sobre a Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos mostram-se preocupados com a ação militar russa na Ucrânia. Obama fez um discurso na Casa Branca e advertiu que qualquer violação na soberania da Ucrânia será profundamente desestabilizador.

“Estamos profundamente preocupados com os movimentos militares iniciados pela Federação Russa dentro da Ucrânia. Qualquer violação da soberania da Ucrânia e da integridade territorial seria profundamente desestabilizador e não é do interesse da Ucrânia, da Rússia ou na Europa. Os EUA estão do lado da comunidade internacional e afirmamos que haverá custos para qualquer intervenção militar na Ucrânia”, disse Obama.

Numa visita de dois a Washington, o ministro alemão dos Negócios Estrangeiros, Frank -Walter Steinmeier manifestou igualmente a sua inquietação. “ Os últimos sinais criam preocupação, por isso continuamos a trabalhar para garantir uma transição pacífica . E essa transição tem de ser conseguida , em primeiro lugar , pelos próprios ucranianos.”

O correspondente da euronews em Washington comenta: “Os americanos e europeus estão a acompnhar o desenrolar dos acontecimentos na Ucrânia , com profunda preocupação , especialmente a situação na Crimeia, mas a mensagem geral é : não há motivo para pânico – pelo menos por agora “.