Última hora

Última hora

China responsabiliza separatistas uigures pelo ataque em Kunming

Em leitura:

China responsabiliza separatistas uigures pelo ataque em Kunming

Tamanho do texto Aa Aa

A segurança foi reforçada na estação ferroviária de Kunming, no sudoeste da China, horas depois de um ataque que provocou 33 mortos e 130 feridos.

Este sábado, um grupo de homens entrou na estação e matou à facada passageiros e trabalhadores. O ataque ainda não foi reivindicado, mas as autoridades chinesas apontam o dedo aos separatistas de Xinjiang, no noroeste do país, uma região de minoria uigure.

Algumas organizações uigures no exílio vieram, entretanto, a público negar que o envolvimento de elementos desta etnia no ataque. Uma minoria que dizem estar a perseguida por Pequim.

Tudo aconteceu por volta das nove e meia da noite, hora local, altura em que cerca de 10 homens vestidos de preto começaram a desferir golpes sobre quem encontraram pela frente.

Cinco acabaram por ser mortos pela polícia. Os restantes continuam a monte.