Última hora

Última hora

China detém três suspeitos do sangrento ataque de sábado

Em leitura:

China detém três suspeitos do sangrento ataque de sábado

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades chinesas detiveram 3 alegados responsáveis pelo sangrento ataque a uma estação de comboios no sábado em Kunming, capital da província de Yunnan, no sudoeste chinês. No ataque com armas brancas, morreram 29 pessoas e outras 130 ficaram feridas.

No próprio dia, a polícia abateu quatro suspeitos e deteve um outro.

As investigações para apurar com rigor a autoria continuam.

“Só eu fui controlado três vezes. A polícia aponta-nos as armas… O que podemos fazer? Também nós não sabemos o que passou. Sentimo-nos bastante inseguros”, diz um comerciante.

“Ouvi nas notícias que muitas pessoas de Xinjiang foram retiradas dos sítios onde estavam alojadas. Acho que não há necessidade para isso acontecer nesta era. Todos queremos paz, unidade e estabilidade. No fim de contas, o ataque foi obra de um pequeno grupo, nem toda a gente deve ser rejeitada”., diz uma jovem.

As autoridades afirmam ter-se tratado de um ataque “terrorista” de militantes da região autónoma Uighur de Xinjiang.

O ataque ocorreu a poucos dias da Assembleia Popular Nacional, que se reúne todos os anos em Pequim com representantes de todo o país. A assembleia começa na quarta-feira.