Última hora

Última hora

Espanha: "Emergência delicada" em Ceuta e Melilla

Em leitura:

Espanha: "Emergência delicada" em Ceuta e Melilla

Tamanho do texto Aa Aa

Na terça-feira mais de 1.500 imigrantes tentaram, em duas vagas, entrar na cidade de Ceuta.

Para o ministro espanhol do Interior, Jorge Fernández Díaz, vive-se uma situação de “emergência delicada” em Ceuta e Melilla, onde permanece o estado de alerta. Segundo afirmou, estarão 40 mil imigrantes em território marroquino e 40 mil na Mauritânia à espera de uma oportunidade para entrar em Espanha.

“Há uma vaga migratória de milhares e milhares de pessoas que pretendem entrar ilegalmente em Espanha e portanto na União Europeia”, disse Jorge Fernández Díaz.

Durante uma reunião que manteve com a comissária europeia para os Assuntos Internos, Cecilia Malmström, o ministro espanhol afirmou que tal onda de imigrantes demonstra que a política de imigração deve ser comunitária.

No início de fevereiro, pelo menos 15 homens morreram quando tentaram alcançar Ceuta a nado.