Última hora

Última hora

Israel anuncia ter apreendido mísseis em alto mar e acusa o Irão

Em leitura:

Israel anuncia ter apreendido mísseis em alto mar e acusa o Irão

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de mísseis sírios com alegada proveniência iraniana foram intercetados pelos israelitas no mar vermelho.

A informação e o vídeo da apreensão foram veiculados pela marinha de Israel. De acordo com a mesma fonte, o material bélico terá sido apreendido a bordo de um navio com bandeira panamiana em águas internacionais durante o que foi descrito como tendo sido uma operação complexa.

“Israel capturou um navio em alto mar, carregado de armas destinadas a grupos terroristas. Estas armas seriam usadas contra Israel. A operação clandestina foi organizada pelo Irão. Enquanto o Irão leva a cabo conversações, a sorrir para a comunidade internacional, continuar a armar grupos terroristas, continua perpetrar terrorismo no mundo inteiro”, declarou o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu.

Alegadamente, as armas teriam como destino guerrilhas palestinianas na Faixa de Gaza. O Hamas reagiu. “Esta fábula sionista é uma alegação tonta e uma fabricação fútil destinada a justificar o bloqueio à Faixa de Gaza, como se houvesse um porto com navios a entrar e a sair. Na verdade, falam de um navio que estava a milhares de milhas de distância.

As forças armadas israelitas afirmaram que os mísseis foram transportados por ar, da Síria para o Irão, embarcaram com destino ao Iraque, onde seguiram depois para o Sudão, para serem contrabandeados por terra para Gaza, pela fronteira egípcia.

Os mísseis terra-terra M302 têm um raio de alcance de mais de cem quilómetros.