Última hora

Última hora

Kiev pode conceder mais autonomia à Crimeia

Em leitura:

Kiev pode conceder mais autonomia à Crimeia

Tamanho do texto Aa Aa

O novo primeiro-ministro da Ucrânia, alerta que a Crimeia deve permanecer parte da Ucrânia, mas poderá receber mais poderes locais. Na primeira entrevista desde que tomou posse na semana passada, Arseniy Yatsenyuk acusou o presidente russo, Vladimir Putin, de estar na origem de uma das mais agudas crises internacionais na Europa desde o fim da Guerra Fria.

Arseniy Yatsenyuk, primeiro-ministro ucraniano:
“Nós não podemos descobrir a razão pela qual as botas russas estão em solo ucraniano … O que aconteceu na Crimeia é inconstitucional e lembra um golpe apoiado pelo governo da Rússia e os militares russos. O governo ucraniano é legítimo e deixe-me lembrar ao Presidente Putin que este governo foi apoiado pela maioria constitucional dos deputados ucranianos com 371 votos. Fomos legítimados e estamos a cumprir as nossas responsabilidades.”