Última hora

Última hora

Mais dois mortos em protestos na Venezuela

Em leitura:

Mais dois mortos em protestos na Venezuela

Tamanho do texto Aa Aa

Os protestos que sacodem a Venezuela fizeram mais dois mortos. Esta quinta-feira, um polícia militar e um motociclista faleceram durante os confrontos na localidade de Los Ruices, a leste da capital Caracas. A oposição acusou o Presidente Nicolas Maduro de fomentar a violência ao pedir aos apoiantes para apagar os focos de contestação.

Maduro condenou as novas mortes e atribuiu-as a um grupo de vândalos. Mas insistiu: “Peço ao povo que não se desvie do caminho da paz. Disse-o e repito-o: uma vela que se acende é uma vela que se apaga. É assim que tem de ser”.

Os protestos contra o Governo duram há três semanas e provocaram cerca de vinte mortos, 300 feridos e mil detidos. Oitenta e nove jornalistas foram alvo de agressões, roubos e detenções arbitrárias, de acordo com o sindicato dos profissionais da imprensa. As pessoas manifestam-se contra a insegurança, a inflação e a penúria alimentar num dos países que tem as mais importantes reservas de petróleo do mundo.