Última hora

Última hora

Familiares de passageiros queixam-se de falta de informação

Em leitura:

Familiares de passageiros queixam-se de falta de informação

Tamanho do texto Aa Aa

Incompreensão e desespero. Os familiares e amigos das pessoas que estavam no avião das linhas aéreas da Malásia queixam-se de estar há horas sem qualquer informação das autoridades chinesas ou da companhia aérea.

Depois da espera no aeroporto de Pequim, as pessoas foram alojadas num hotel, à espera de notícias. Em vão.

“Não há nenhuma informação”, critica um familiar de uma pessoa a bordo. “Estou muito confuso e preocupado. Não consigo dormir porque estou à espera de notícias.”

“Estou à espera há mais de 20 horas por qualquer informação”, lança um jovem cujos avós estavam a bordo do avião. “Sentir-me-ia muito melhor se alguém da companhia aérea tivesse passado por cá. Não nos tratam como humanos. Deixam-nos à espera indefinidamente”, completa.

Porém, a companhia aérea alega que os familiares estão constantemente a ser informados. Além das dezenas de jornalistas, há grupos de psicólogos a acompanhar as pessoas.