Última hora

Nova pista terrorista no caso do desaparecimento do avião malaio

Em leitura:

Nova pista terrorista no caso do desaparecimento do avião malaio

Tamanho do texto Aa Aa

Existe uma nova pista de atentado no caso do desaparecimento do avião da Companhia Aérea da Malásia.

Esta manhã a esperança de se encontrarem sobreviventes ganhou força quando as equipas de resgate vietnamitas anunciaram ter detetado no mar um objeto amarelo semelhante a um bote salva-vidas, mas depressa se percebeu que era falso alarme.

Uma grande operação de busca está montada para encontrar o Boeing 777 da companhia aérea malaia. A China decidiu enviar mais dois navios de guerra para ajudar nas operações.

Todas as hipóteses estão em aberto, incluindo a de um ataque terrorista e a de que o avião se desintegrou a 30 mil pés, o que tornaria bastante difícil localizar os destroços.

Surge agora um novo dado, além de dois passageiros terem usado passaportes falsos, com bilhetes apenas de ida, as autoridades taiwanesas afirmam ter recebido uma ameaça de atentado contra o aeroporto de Pequim, quatro dias antes do desaparecimento do avião.

“Todas as causas são válidas. Quero dizer que não podemos fazer conjeturas mas devemos fazer as devidas ligações dos incidentes. Faremos uma apreciação em breve, porque a mensagem que nos foi enviada na altura afirmava que o alvo era o aeroporto de Pequim por isso temos que averiguar”, afirma a chefe do departamento de aviação de Taiwan, Jean Shen.

O facto de não ter havido qualquer comunicação dos pilotos, antes de o avião ter desaparecido dos radares, indica que, de acordo com peritos, houve uma catástrofe súbita ou mesmo uma explosão.