Última hora

Última hora

Espanha lembra vítimas dos atentados de 11 de março

Em leitura:

Espanha lembra vítimas dos atentados de 11 de março

Tamanho do texto Aa Aa

Volvidos 10 anos os espanhóis não se esqueceram do terrível atentado de 11 de março de 2004 em Madrid, um dos piores já cometidos em solo europeu.

Realeza, líderes políticos, vítimas, familiares das vítimas e forças da proteção civil participaram numa cerimónia religiosa na catedral de Almudena para lembrar as 191 pessoas que morreram e os 1800 feridos.

Cerimónias foram também realizadas nos locais onde as 10 bombas explodiram em simultâneo nos quatro comboios suburbanos da capital espanhola.

Três semanas depois dos ataques, sete suspeitos de serem os autores diretos suicidaram-se com uma bomba.

Em 2007, 21 pessoas foram condenadas com penas que chegaram aos 43 mil anos de prisão.

O ataque teve origem islâmica e foi inspirado na rede terrorista da al-Qaida.