Última hora

Última hora

Malaysia Airlines: Interpol afasta tese terrorista

Em leitura:

Malaysia Airlines: Interpol afasta tese terrorista

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades afastam, cada vez mais, a tese terrorista, como explicação para o desaparecimento, sábado passado, do Boeing 777 da Malaysia Airlines, com 239 pessoas a bordo.

Isso mesmo explicou Ronald Noble, o secretário-geral da Interpol: “Quanto mais informação temos, mais nos inclinamos a pensar que não foi um ataque terrorista. E se ouviram o que a polícia da Malásia disse recentemente sobre o jovem de 19 anos – cuja fotografia está afixada aqui por trás – que ia a Frankfurt, na Alemanha, ter com mãe – trata-se de um caso de tráfico de seres humanos, e não de terrorismo.”

O jovem de 19 anos foi um dos dois passageiros que a polícia da Malásia diz ter identificado como os viajantes que utilizavam um passaporte italiano e outro austríaco, ambos roubados. No voo anterior, ambos viajaram com passaportes iranianos.