Última hora

Última hora

Crimeia: Irá Obama travar os russos?

Em leitura:

Crimeia: Irá Obama travar os russos?

Tamanho do texto Aa Aa

É a última esperança da Ucrânia para não perder a Crimeia para a Rússia: O primeiro-ministro interino vai hoje à Casa Branca pedir ao Presidente Barack Obama que trave por todos os meios – incluindo o militar – o que classifica de “agressão russa”.

Arseni Iatseniuk quer que os Estados Unidos garantam a integridade territorial da Ucrânia, tal como foi estipulado pelo tratado de 1994, no qual Kiev abdicou das armas nucleares do tempo soviético, um acordo que também vincula o Reino Unido como garante da unidade territorial ucraniana.

Na guerra de palavras entre Washington e Moscovo, o Departamento de Estado norte-americano reiterou que “o objetivo tem de ser a proteção da imunidade e da soberania da Ucrânia”, mas que não vê isso “nas respostas” que recebe do Kremlin.

John Kerry e Serguei Lavrov multiplicaram contactos na última semana, o mais recente, esta terça-feira. Mas o resultado é, até agora, um diálogo de surdos sem fim à vista, enquanto a Ucrânia caminha a passos gigantescos para a cisão.