Última hora

Última hora

G7 e UE exigem que Rússia interrompa esforços para anexar Crimeia

Em leitura:

G7 e UE exigem que Rússia interrompa esforços para anexar Crimeia

Tamanho do texto Aa Aa

Os líderes do G7 ( Canada, França, Alemanhã, Itália, Japão, Reino Unido e Estados Unidos) e da União Europeia deixam o alerta à Rússia: o referendo que vai ocorrer na Crimeia no próximo domingo não tem valor jurídico e no caso de Moscovo anexar a península, vão ser tomadas medidas.

Esta posição foi divulgada num comunicado conjunto e já tinha sido confirmada pelo presidente da Comissão Europeia em Estrasburgo, no Parlamento Europeu. Durão Barroso explicou que “Pedimos à Rússia que acabe com os planos de anexação da Crimeia. Simplesmente não é possível que um século depois da Primeira Guerra Mundial, voltemos a assistir à anexação de uma parte de um país por parte de outro.”

O presidente da Comissão revelou ainda que Bruxelas pode avançar com mais ajudas económicas à Ucrânia: Para além dos 11 mil milhões de euros que já foram disponibilizados, pode ser retiradas das taxas às exportações ucranianas, que representam cerca de 500 milhões de euros.