Última hora

Última hora

Segurança de dados, tema principal da CEBIT de Hanôver

Em leitura:

Segurança de dados, tema principal da CEBIT de Hanôver

Tamanho do texto Aa Aa

A CEBIT, maior exposição comercial do mundo no domínio dos serviços de telecomunicações digitais e Tecnologias da Informação abriu oficialmente portas pela mão da chanceler alemã e do homólogo britânico na cidade de Hanôver. Este ano o Reino Unido é parceiro do evento, sobre o tema “datability”.

Na prática, o enfoque é na distribuição, gestão e uso de informação. Isto numa altura de novos desafios para o setor, na sequência das revelações recentes que aumentaram os receios sobre a proteção de dados.

Entre os principais nomes da indústria na batalha pela confiança, o gigante alemão do software SAP mostra como soluções de Grande Quantidade de Informação podem ajudar a melhorar o rendimento de jogadores de futebol. Um projeto conjunto com a seleção alemã.

O diretor técnico da equipa, Oliver Bierhoff, não tem receio do chamado “jogador transparente”: “Haverá sempre decisões pessoais do treinador. Haverá sempre jogadores que desaprovam as estatísticas, também acontece em outros desportos. Isto nada mais é do que uma ferramenta. Nem o computador nem o software marcam golos, não tomam decisões. Ajudam a tomar as decisões certas.”

Ainda que a CEBIT deste ano esteja mais focada do que nunca num público profissional, não esquece o consumidor final. A Microsoft e a Intel querem ver utilizadores a usar PC’s 2-em-1 em vez dos tablets da Apple e Android.

O fabricante alemão de automóveis AUDI mostra a visão do futuro com o “James 2025” – protótipo de um carro semi-autónomo.

Já a Samsung injeta mobilidade no setor dos dispositivos médicos através do “Hello Mum”, que permite às futuras mães partilhar com a família e os amigos imagens em 3D pouco depois dos exames realizados.

“Esta é uma solução para pacientes obstétricas. Disponibiliza imagens do feto captadas por ultrassonografia logo depois de se realizarem as análises. É um método inovador eficiente, porque já não é necessário imprimir a imagem ou gravar em CD”, explica Tiem Biersa, da Samsung Electronics.

A CEBIT deste ano conta com mais de três mil expositores, que expõem as novidades digitais.