Última hora

Última hora

Ucrânia: Manifestações em Moscovo

Em leitura:

Ucrânia: Manifestações em Moscovo

Tamanho do texto Aa Aa

Por iniciativa da oposição ao presidente Vladimir Putin, milhares de pessoas marcharam este sábado no centro de Moscovo contra a “ocupação” da Crimeia e a política do Kremlin.

Segundo estimativas das agências de notícias, a marcha, que partiu da Praça Pushkin em direção à avenida Sakharov, terá reunido cerca de 20 mil pessoas.

“Tenho a obrigação de mostrar o meu apoio ao povo ucraniano e ao seu desejo de viver independente da ditadura do irmão mais velho”, afirmou uma professora.

“As pessoas aqui reunidas querem paz entre a Ucrânia e a Rússia. É por isso que cá estou”, disse uma habitante de Moscovo.

Enquanto esta marcha era acompanhada por um forte dispositivo policial, grupos de nacionalistas defendiam, noutro ponto da cidade, a ação russa na Crimeia.

Na Praça da Revolução e do Kremlin, cerca de 15 mil pessoas responderam ao apelo das organizações nacionalistas em apoio à política do presidente Vladimir Putin.