Última hora

Em leitura:

Venezuela: continuam os protestos em Caracas


Venezuela

Venezuela: continuam os protestos em Caracas

Na Venezuela, os protestos contra o governo do presidente Nicolas Maduro, continuaram esta sexta-feira.

Em Caracas, a capital, os manifestantes entraram em confrontos com as forças de segurança. Protestam contra a situação do país, com a escassez de bens essenciais e o aumento da inflação. Algumas pessoas foram detidas.

O governo diz que, pelo menos, 25 pessoas morreram desde 12 de fevereiro. Esta sexta-feira, foram a enterrar, na cidade de Valência, duas dessas vítimas. Guillermo Sanchez, de 42 anos, foi baleado enquanto pintava a sua casa. O estudante universitário, de 22 anos, Jesus Enrique Acosta foi morto a tiro noutro incidente.

Apoiantes da oposição culpam milícias armadas, pró-governo, por estas mortes. O Presidente venezuelano culpabiliza grupos, que chama de “fascistas”, e tinha já anunciado a detenção de seis pessoas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Boeing 777 pode ter caído no Oceano Índico