Última hora

Em leitura:

Crimeia está a decidir se quer ser russa ou ucraniana


Ucrânia

Crimeia está a decidir se quer ser russa ou ucraniana

Na Crimeia, como previsto, decorre o referendo sobre o futuro da república.

O voto começou às 8 horas locais e vai terminar às 20 horas – 18 horas em Lisboa, mas resultados oficiais só daqui a um ou dois dias.

Ao milhão e meio de eleitores são colocadas duas opções: – reunificação da Crimeia com a Rússia, no quadro da federação russa, ou – restabelecimento da constituição de 1992 e do estatuto da Crimeia enquanto parte integrante da Ucrânia.

Sergei Aksyonov, o auto-proclamado primeiro-ministro pró-russo, foi um dos primeiros a comparecer nas urnas esta manhã, em Smiferopol:

“Como pode ver o voto é livre. As pessoas vêm livremente às assembleias de voto sem problemas. Eu, pessoalmente, não sinto qualquer tipo de pressão. Não vejo nenhuma pressão.”

Tudo indica que a maioria vai escolher a reunificação com a Rússia.

Os tártaros e os muçulmanos sunitas de origem turca, que representam 12% da população prometeram boicotar o escrutínio, apesar das promessas do novo poder de Simferopol.

O voto tem decorrido com uma forte presença de forças de segurança nas ruas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Leonid Slutsky: "Hoje cumpre-se a vontade do povo da Crimeia"