Última hora

Última hora

População russófila clama vitória em referendo à secessão da Crimeia

Em leitura:

População russófila clama vitória em referendo à secessão da Crimeia

Tamanho do texto Aa Aa

As comemorações da reunificação com a Rússia já se faziam sentir ainda antes do referendo à secessão da Crimeia, mas agora que foi ultrapassado o teste a população russófila clama vitória em uníssono.

Este domingo, uma multidão inundou a Praça de Lenine, em pelo coração de Simferopol, capital da Crimeia.

“Vamos regressar a casa. A Crimeia está na Rússia. Juntos conseguimos. Obrigado. pela vossa coragem, pelo vosso apoio. Obrigado à Rússia, ao povo russo e ao Presidente pelo apoio. Ninguém nos vai roubar esta vitória. Vamos para a Rússia. Parabéns a todos”, disse o primeiro-ministro da Crimeia, Sergey Aksyonov.

Os resultados oficiais do referendo, considerado “ilegal e ilegítimo” pela União Europeia e rejeitado por Estados Unidos e Ucrânia, são anunciados esta segunda-feira.

Nesta fase, e com pelo menos 50% dos votos apurados, sabe-se que 95,5% da população votou a favor da união com Moscovo. De acordo com a comissão eleitoral, só 3,5% votaram a favor da manutenção como território ucraniano.

A comunidade internacional continua de olhos postos na região e estão prometidas sanções à Rússia. Uma delegação da Crimeia viaja hoje para Moscovo de forma a iniciar o processo de anexação.

O braço-de-ferro entre Kiev e Moscovo promete ainda fazer correr muita tinta.