Última hora

Última hora

Malásia: Operação de busca do avião alarga-se a 25 países

Em leitura:

Malásia: Operação de busca do avião alarga-se a 25 países

Tamanho do texto Aa Aa

Os dados revelados pelos satélites levaram à ampliação do espaço de busca do paradeiro do Boeing 777 da Malaysian Airlines.

Estão a ser explorados dois corredores: um que vai da Tailândia ao Cazaquistão e Turquemenistão e outro que parte da Indonésia até ao oeste da Austrália, através do Oceano Índico

O ministro dos Transportes disse na conferência de imprensa desta manhã que “as buscas se estendem pelo território e águas de 11 países e envolvem 25 países, num enorme desafio de coordenação e diplomacia”.

Os novos países que participam na operação são: Cazaquistão, Uzebequistão, Quirguistão, Turquemenistão, Paquistão, Bangladesh, Birmânia, Laos e França

Para além disso, o ministro revelou que “as autoridades malaias recentraram as investigações na tripulação e nos passageiros do voo MH370 assim como em todo o pessoal de terra relacionado com o voo”.

Foram já efetuadas buscas na residência do piloto e estão a ser investigadas a vida pessoal e as atividades políticas e religiosas de todos os membros da tripulação.

Em simultâneo com a informação oficial, continuam a circular informações não confirmadas de outras fontes.

Segundo um site de notícias grego, que cita o comandadnte do navio Elka Athina, terão sido encontrados os primeiros vestígios do Boeing 777 no Estreito de Malaca.