Última hora

Última hora

Moscovo defende rápida aprovação de texto para anexação da Crimeia

Em leitura:

Moscovo defende rápida aprovação de texto para anexação da Crimeia

Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento da Crimeia deverá muito em breve aprovar a legislação que permitirá a anexação da península do sudeste da Ucrância à Rússia.

Cento e vinte e cinco observadores de 25 países terão acompanhado o referendo, embora não tenham sido reconhecidos por nenhuma organização internacional.

De acordo com os movimentos de direitos cívicos e ONGs este observadores eram locais e apenas um disfarce do governo regional.

A Euronews encontrou um grupo de obeservadores arménios num local de voto em Sinferopol .

« É possível realizar um referendo limpo e correto. A UE com a Escócia está a tomar esse caminho. É possível, mas eu acho que com as ex- repúblicas soviéticas as coisas estão a acontecer de forma espontânea. Este pode ser um caminho diferente para a democracia.

No território a presença de forças militirarizadas não passa despercebida. Desde o início da crise Moscovo colocou 80 mil homens e material de guerra na Crimeia.